mas lamentam-se!

Sábado, 19 de Abril de 2008
Sim, foi difícil começar!

Nunca tinha namorado à séria com alguém, simplesmente tive paixonetas da idade e consequentemente desilusões, nunca dizia à pessoa em questão "gosto de ti", tinha vergonha e não sabia o que a outra pessoa achava logo não arriscava!

Tive alguns admiradores mas não eram secretos, falávamos por sms nunca pessoalmente, mas sempre de pé atrás, sabia por experiência das minhas amigas e das amigas das minhas amigas que alguns só queriam mesmo gabar-se, logicamente nunca dei muita confiança e eles acabavam por deixar de falar, alguns por fim demonstravam-se verdadeiros parvos, coisa que já suspeitava!

Lembro-me da minha primeira e espero que seja a última história de amor, claro que é uma história contínua e cheia de capítulos!

Já o conhecia, tínhamos andado na primária, já naquela altura era bem giro, tinha um sorriso que derretia qualquer uma, andávamos sempre ás turras, infelizmente nunca aos beijinhos mas nessa altura eu queria era brincar às cantoras e ser a ranger cor de rosa e ele a jogar à bola!

Depois da primária perdemos o contacto, apesar de ele viver na mesma zona que eu, nunca estávamos juntos, eu era um bocado eremita, não costumava sair de casa para conviver com o pessoal da minha zona, eu até sou bastante sociável mas tenho um certo problema, não gosto de andar sozinha na rua, nunca me aconteceu nada mas detesto sair de casa e não ter um sítio combinado para onde ir e onde sei que estão pessoas à minha espera, percebem? Não? ok deixem lá!

Durante alguns anos nem sequer me lembrava daquela criatura, nunca me perguntava o que é que andaria a fazer ou se já namorava, simplesmente era uma pessoa que parecia varrida da minha memória!

Um dia saí com algumas amigas, fomos até ao clube, sítio esse de convívio para o pessoal da zona, lá estava ele, não sei o que senti mas lembro-me de achar que estava bem giro, ambos tínhamos acabado as nossas respectivas relações, quer dizer eu não posso chamar ao meu suposto "namoro" como namoro, quer dizer só namorei com ele três dias depois veio as férias da Páscoa e entretanto acabámos por telemóvel, muito giro eu sei!

Todos os domingos estávamos juntos, ele falava e eu ouvia com atenção, fiquei encantada, surpreendida, era um misto de sensações!

A verdade é que tudo começou porque ele ficou encantado com a minha beleza natural eh eh eh, não, o que ele queria era curtir comigo, como nunca fui de curtes não teve muita sorte! Vá ele perguntou-me se tinha hipóteses comigo, eu já tive alguns admiradores e nenhum deles foi assim tão directo!

Ah eu respondi um mero talvez, andámos num chove e não molha, mais de 6 meses, tenho saudades desse tempo, meu Deus é uma situação tão boa, saber que há alguém que olha para nós de maneira diferente, que só faz perguntas sobre nós, que nos vem visitar a casa depois de uma cirurgia para arrancar os dentes do ciso e chamar de desdentada, que manda mensagens fofas...fogo mas eu posso dizer que passei por essas sensações e situações mesmo boas!

pai- O rapazito da ponte anda arrastar-te a asa...
eu- não, claro que não (a ficar muito vermelha e ele mesmo arrastar as asas!)

Situação mesmo constrangedora, tudo a jantar, nesse dia havia mais pratos na mesa!
mãe- sabes que a sara já namora!
pai- a rir
eu- a corar
o resto tudo a gozar comigo!

O pedido de namoro, foi no autocarro... estava a ver que ele nunca mais pedia, é que eu já estava caidinha por ele e ele não se tocava para pedir em namoro!

Tivemos amigos fantásticos que nos ajudaram imenso, ai era tão giro, quando chegava a segunda feira e a T. me vinha contar as novidades sobre ele!

Amo-te Filopo muito mais que ontem e muito menos que amanha!

Logicamente que este texto podia continuar mas eu nunca mais saia daqui!
sinto-me: apaixonada
tags: ,
publicado por LuaPrateada às 21:37
link do post | comentar | | | favorito

Realmente a nossa vida dava um livro, talvez quem sabe uma novela :). Quando andavámos na primária não gostava mesmo nada de ti porque tinhas a mania d gozar comigo (eras uma gozona). Eu confesso que também tenho saudades daquele tempo do chove e não molha, mas prefiro muito mais a nossa situação actual :) . Ainda me lembro de quando te vi depois de ter mos perdido contacto, tavas à espera do autocarro com t shirt vermelha e as calças das flores. Nunca mais me esqueço desse dia. Velhos tempos :) Continuas a ser desdentada :)

Amo te Muito :)
Filopo a 19 de Abril de 2008 às 22:40

Oh gozava contigo? *aperta a bochecha*

Sim, tenho saudades do tempo do chove e não molha mas claro que prefiro a nossa situação actual e podes ter a certeza de que quando formos velhinhos e desdentados vou ter saudades destes momentos mas não vou querer mudar ou trocar porque vou estar junto a ti e só isso basta para que seja especial!
LuaPrateada a 19 de Abril de 2008 às 22:46

Ah...mas que queridos! que ternura! ainda bem...com tanta violência no mundo, com tanta rapaziada que só consegue pensar nos Tokio Hotel...ainda bem que seja possível ler também de namoros. Gostei imenso de ler dela que estava a espera do pedido de namoro que finalmente chegou num autocarro. Bons tempos hem ? Ah, quem me dera voltar também aos meus aninhos verdes quando tudo era parecido com o que contaste. Tudo de bem e de bonito para vocês no amor e na vida em geral.
Il Conte a 20 de Abril de 2008 às 11:48

Muito obrigada pelo comentário!

Sim tem razão, foram mesmo bons tempos, tempo esse quer perdura e se Deus quiser perdurará!

Apesar de sabermos que será impossível voltar atrás na nossa vida e voltar a viver tudo da mesma resta-nos apenas as recordações, é só fechar os olhos e deixar a mente divagar!

Mais uma vez obrigada e felicidades!
LuaPrateada a 20 de Abril de 2008 às 15:02


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9


22
23
24
25

27


últ. comentários
Passei - te um desafio , vê no meu blog (:Beijinho...
Olá!Ahah xD Essa aí está muitooo boa! =Pbeijoquita...
Adoro a música, está linda! (; Passei-te um desafi...
É verdade! Mais vale aguentar e pensar em coisas f...
"Lei das Filas e dos Engarrafamentos: A fila do la...
Bem, o que eu me ri com este guia prático.Algumas ...
A vida é bem melhor quando temos a quem dar a mão....
Olá.Estive a ver o teu blog e decidi desejar um fe...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro